agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Vítima de estupro familiar, garota será submetida ao aborto

Vítima está na 19ª semana de gestação após ter sido abusada pelo pai
Postado em: 20/10/2021 às 16:37
Autor: Redação
Vítima de estupro familiar, garota será submetida ao aborto
Imagem ilustrativa

Uma menina de 12 anos será submetida a um aborto assistido para interromper uma gestação de 19 semanas após ter sido estuprada pelo pai, em Goiânia (GO). A vítima está abrigada na casa de familiares, em São Carlos, e passará pelo procedimento nos próximos dias em um hospital de Ribeirão Preto.

O caso foi revelado na última segunda-feira (18), após a delegada da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) de São Carlos-SP, Denise Gobbi Szakal, registrar um boletim de ocorrência de estupro de vulnerável em que o genitor foi apontado como suspeito de ter engravidado a filha.

Segundo a delegada, o homem, de 46 anos, teria matado sua mulher em 2014. O fato teria ocorrido na cidade de Bonito, no estado da Bahia. Desde então, os filhos foram criados por uma tia, que faleceu em 2020. Por causa dessa perda, a vítima e o irmão saíram de São Carlos e foram para o estado da Bahia morar com outra tia e, posteriormente, Goiás, onde passaram a conviver com o pai.

Uma familiar que mora em São Carlos tomou conhecimento de maus tratos do pai contra a filha e no último dia 15 de outubro foi até Goiânia buscar a menina de 12 anos e o irmão mais velho, de 21. Quando chegou em Goiás o Conselho Tutelar já havia resgatado a menor da casa do pai. No retorno a São Carlos, ao conversar com a adolescente de 12 anos, tomou ciência da gestação. A menor foi encaminhada à Santa Casa, onde foi realizado um ultrassom que confirmou a gravidez.

Após avaliação médica, ela foi assistida por uma equipe de psicólogos. A decisão pelo aborto considerou ainda as condições de saúde física e mental da vítima. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil dos dois estados.