agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Vereador "sem vacina" será impedido de participar das sessões

Medida vale para todos os agentes públicos do Poder Legislativo de Araraquara
Postado em: 20/08/2021 às 18:57
Autor: Luís Antonio
Vereador
Decreto foi elaborado pela Mesa Diretora, cujo presidente é Aluízio Brás, o Boi (MDB)

A Mesa diretora da Câmara Municipal de Araraquara publicou um decreto legislativo que proíbe a participação das sessões presenciais o vereador que se recusar, sem justa causa médica, em submeter-se à vacinação contra a covid-19. Além disso, a ausência do parlamentar por esse motivo resultará em falta injustificada, ocasionando a perda de 10% do total do subsídio do mês em casa de falta em sessão ordinária, cidadã ou do Parlamento Jovem.

Além desse decreto, a Mesa Diretora determinou, por meio de Ato da Mesa Nº14, que todos os agentes públicos (servidores efetivos, empregados públicos, ocupantes de cargos em comissão, estagiários e vereadores) devem se submeter à vacinação. A recusa injustificada acarretará na impossibilidade de ingresso às dependências do Palacete Vereador Carlos Manço e do prédio Vereadora Deodata Leopoldina do Amaral, sedes do Poder Legislativo de Araraquara.

Em consulta feita pelo Portal Morada, 17 vereadores disseram ter recebido pelo menos uma dose da vacina - apenas o vereador Lineu WL não foi encontrado pela reportagem. A Gerência de Gestão Pessoal da Câmara foi designada para solicitar, por meio eletrônico, a apresentação do comprovante de vacinação contra a covid-19. Mediante a recusa injustificada, o agente público será alertado sobre as providências legais e regulamentares pertinentes à instauração de processo disciplinar.