agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Faixas com dizeres ameaçadores são apreendidas em Matão e Ibitinga

Mensagens são semelhantes a outras já apreendidas em Araraquara e em outras cidades do estado
Postado em: 25/01/2022 às 20:11
Autor: Redação
Faixas com dizeres ameaçadores são apreendidas em Matão e Ibitinga
Em Matão-SP, a operação teve apoio da Guarda Municipal e de um caminhão da Prefeitura. Foto cortesia/Matão Urgente

A Polícia Militar, com o apoio da GCM (Guarda Civil Municipal) e Corpo de Bombeiros, apreendeu nesta terça-feira (25), duas faixas que continham ameaças a quem desrespeitasse algumas regras nelas definidas, em Matão-SP. De acordo com a PM, outras três também foram apreendidas em Ibitinga-SP.

As faixas, que são semelhantes a outras apreendidas em Araraquara-SP (dia 14/01/2021) e em São Carlos-SP, (05/01/2021), continham avisos direcionados a motociclistas que desrespeitassem algumas regras e também ameaças a quem roubasse na comunidade.

Aos motociclistas, as ameaças eram relacionadas às práticas chamadas de “tirar de giro” (acelerar a moto ao limite segurando a embreagem) e também “chamar no grau” (empinar).

A quem tentasse roubar nos referidos bairros, o aviso era de que o indivíduo estaria “sujeito a cacete”, que seria o mesmo que ameaçar com agressões.

Pela manhã, em Matão, a PM apreendeu uma faixa na Avenida Ludwuig Eckes, no cruzamento com a Via Carl Fisher, na Vila Maria e a outra, na Avenida Angelin Ré, esquina com a Rua Antonio Broqueto, no Bairro João Vidal. Em ambas ocorrências, um caminhão da prefeitura auxiliou na retirada do material.

A PM informou ainda nesta terça-feira, que outras três faixas, com os mesmos dizeres foram apreendidas em Ibitinga-SP, no último dia 21.

Duas faixas foram localizadas estendidas na entrada da Vila Maria, sendo uma no cruzamento entre a Rua Joana Salia Salva com a Rua Alberto Janes, e outra na Rua Pedro Simões, no Jardim Três Irmãos. A terceira foi encontrada na Avenida Luiz Francischini, pela Vila dos Bancários, após o Corpo de Bombeiros acionar a PM.

Outras faixas foram apreendidas em todo o estado de São Paulo recentemente. Em alguns casos, há indícios de que as faixas tenham sido afixadas por ordem de uma facção criminosa. Os materiais foram encaminhados às respectivas delegacias responsáveis por cada região e os fatos serão apurados pela Polícia Civil.