agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Esporte
FALE COM A REDAÇÃO:

Brasil enfrenta o Equador em pontapé inicial de 2022

Em primeira partida do ano da Copa do Mundo do Catar, Seleção joga em Quito, pelas Eliminatórias
Postado em: 27/01/2022 às 07:19
Autor: Redação
Brasil enfrenta o Equador em pontapé inicial de 2022
Thiago Silva durante treino realizado nesta quarta-feira. Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Vai começar o ano para a Seleção Brasileira. Nesta quinta-feira (27), o Brasil enfrenta o Equador, pelas Eliminatórias, no jogo que marca o pontapé inicial de 2022 para a Canarinho. A bola rola às 18 horas (horário de Brasília) no Estádio Rodrigo Paz Delgado, em Quito (ECU), com transmissão ao vivo da Rede Globo e do Sportv para todo o país.

Este será o primeiro compromisso da equipe comandada por Tite no ano da Copa do Mundo da FIFA Catar. Já classificada para o Mundial, a Seleção enfrenta um dos melhores times das Eliminatórias até aqui. O Equador está na terceira posição, e fará de tudo para se aproximar da vaga na Copa. 

 

Mudanças no time e trio de ataque mantido

Com o Brasil já classificado, Tite pretende fazer várias mudanças na equipe nas rodadas restantes das Eliminatórias, começando já nesta quinta-feira (27). O treinador da Seleção evitou confirmar o time que vai a campo, mas garantiu a manutenção do trio de ataque que enfrentou a Argentina na última partida do ano passado: Raphinha, Matheus Cunha e Vinícius Jr.

"O tripé da frente, dos homens de lado, como a equipe se moldou e se adaptou bem, vai ser mantido sim. Com Vinicius, Raphinha, Cunha e a gente ter essas amostragens, essa sequência que vai se mostrando. Do meio para trás, a estrutura e o posicionamento ele se mantém", declarou o técnico, que também falou sobre as alterações que pretende fazer.

"Podemos esperar mudanças de um jogo para o outro. A média nossa, nesses 13 jogos, são quatro substituições por jogo. Tenho dito aos jogadores que esses que entram vão estar decidindo a partida, porque vão estar em momento crucial. Então essa é a preparação, senão dos que iniciam, mas de deixar todos preparados para aquilo que tem que fazer", completou.


Brasil defende invencibilidade diante do Equador

A Seleção ostenta um bom retrospecto contra o Equador. Ao todo, são 34 duelos entre as duas equipes, com 27 vitórias do Brasil, cinco empates e apenas duas derrotas. A última delas foi em em novembro de 2004, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Alemanha. No Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito, o Brasil foi derrotado por 1 a 0.

Desde então, foram 11 encontros, com oito vitórias do Brasil e três empates. O último deles foi pela Copa América de 2021. No Estádio Olímpico de Goiânia, a Seleção ficou no 0 a 0 com o Equador, em jogo que encerrou a fase de grupos da competição.


Quito, um lugar de boas memórias

A cidade de Quito traz recordações boas para a Seleção Brasileira. Foi lá que, em 2016, o técnico Tite começou o seu trabalho. Contratado para assumir a equipe no meio do ano, o treinador comandou o Brasil na vitória por 3 a 0 sobre os donos da casa. Aquela partida também foi especial para Gabriel Jesus, que fazia sua estreia com a Canarinho e marcou duas vezes. "Foi um momento muito bom. Estar naquele ambiente, vivendo meu sonho, foi uma grande honra. E está sendo uma grande honra até agora", disse o atacante.

Quito também tem um lugar especial na memória de Marquinhos. Foi lá, que o zagueiro levantou a taça do Sul-Americano Sub-17, em 2011. Ele era o capitão da Seleção que conquistou o título continental no Estádio Rodrigo Paz Delgado, palco da partida desta quinta-feira.

Brasil e Equador se enfrentam às 16 horas (18h de Brasília) de quinta-feira (27), no Estádio Roberto Paz Delgado. O jogo é válido pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Com 34 pontos, a Seleção Brasileira lidera a tabela de classificação e já garantiu vaga no Mundial. Os equatorianos, por sua vez, têm 23 pontos e estão na terceira colocação.