agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Estudantes de Américo Brasiliense cobram transporte gratuito

Promessa foi feita em campanha pelo prefeito Dirceu Pano (PSDB), durante primeiro mandato
Postado em: 14/02/2022 às 16:49
Autor: Redação
Estudantes de Américo Brasiliense cobram transporte gratuito

Alunos do município de Américo Brasiliense, que estudam em outras cidades, são unânimes ao cobrar a gratuidade no transporte, promessa do prefeito Dirceu Pano (PSDB) na campanha de primeiro mandato. Agora, anos depois, os alunos custeiam parte do transporte, que na avaliação desses usuários, perdeu qualidade.

Na última semana, alguns estudantes que dependem deste serviço encontraram empecilhos na hora de voltar para casa.“Ficamos aguardando o ônibus fornecido pela prefeitura para retornar para casa. Ficamos esperando das 22h10 até às 23h41, horário que o ônibus chegou. Não é de graça, o ônibus está sendo custeado pelos alunos ou responsáveis. Muitos estudantes são menores de idade e ficam na rua à noite esperando o ônibus que não vêm”, relata Maria, uma das estudantes que depende do ônibus para estudar. (Veja o vídeo). 

Os estudantes cobram responsabilidade da Prefeitura e da empresa Paraty. Cada aluno contribui com R$ 100 mensais para custear o ônibus.

O que diz a prefeitura de Américo Brasiliense?

O Departamento de Educação informa que, desde o ano de 2019, os alunos ajudam com um auxílio financeiro para manter esse serviço de transporte escolar.O transporte oferecido no momento é do tipo fretamento, exclusivo para esses alunos, com rota própria, encarecendo assim, o serviço. Atualmente, cada estudante custa mensalmente ao município R$ 380. Portanto, o auxílio pago é de R$ 100, que seria apenas o pagamento de uma parte do serviço.

A prefeitura ressalta que não são todos os alunos que pagam por este serviço. Estudantes de baixa renda, por exemplo, não pagam e famílias que possuem mais de um filho pagam o valor de um estudante, somente.

Outra alternativa para a gratuidade, é o aluno optar pelo uso de ônibus coletivo, por ser um transporte mais barato. Neste caso, a prefeitura consegue garantir gratuidade completa. Quanto ao questionamento sobre o horário do ônibus, o Departamento de Educação foi informado do atraso e em contato com a empresa foi comunicado que o veículo havia quebrado, o que ocasionou o atraso. Então, foi solicitado a empresa que em outros casos, envie um responsável para comunicar os alunos e garantir a segurança de todos.