agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

“Aécio Neves é um ‘cadáver morto vivo’”, afirma deputado

Roberto Massafera de Araraquara afirma que “só falta enterrar” o senador mineiro
Postado em: 24/11/2017 às 18:02
Autor: Luís Antonio
“Aécio Neves é um ‘cadáver morto vivo’”, afirma deputado
Roberto Massafera (PSDB), deputado estadual

Em meio a crise interna do PSDB, que se divide entre permanecer ou abandonar base de apoio ao Governo Temer, a mais dura crítica contra o senador mineiro Aécio Neves, que retornou ao cargo no Senado após a maioria dos colegas da casa deliberarem contra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), partiu do deputado estadual Roberto Massafera (PSDB), de Araraquara.

Massafera, que já foi prefeito de Araraquara, está em seu terceiro mandato na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, e apoio o grupo ligado ao governador Geraldo Alckmin (PSDB). Segundo Massafera, o partiu deverá ungir o governador paulista no próximo dia 9 de dezembro, quando ocorre a convenção nacional da legande, como candidato à presidência da república em 2018. Para o deputado, nessa data o partido vai "sepultar" a força política do senador mineiro, que perdeu as eleições presidenciais de 2014 por apenas R$ 3 milhões de voto.  

“No partido ele morreu, é um ‘cadáver morto vivo’. No dia 9 de dezembro, vai ser eleito alguém [para a presidência do PSDB) e ele estará morto. Aécio não nos representa. Não o queremos. Só falta enterrá-lo”, declarou o deputado (veja vídeo abaixo).

Nesta sexta-feira (24), Massafera recepcionou Luiz Felipe d’áVila, fundador do Centro de Liderança Pública e pré-candidato ao governo de São Paulo pelo PSDB. Ele concorre com Floriano Pesaro a indicação do partido para a sucessão de Alckmin. O senador José Serra (PSDB)  tem manifestado interesse em concorrer novamente ao cargo. João Dória, prefeito de São Paulo, também corre por fora na disputa.