agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Atualização da PGV volta ao debate na Câmara Municipal

Edinho Silva mantém articulação e consegue assinaturas necessárias na Câmara para apresentar nova proposta
Postado em: 24/11/2017 às 11:39
Autor: Chico Lourenço
Atualização da PGV volta ao debate na Câmara Municipal
Projeto foi rejeitado em primeira discussão por 13 x 4 votos em outubro na Câmara Municipal

O prefeito Edinho Silva (PT) conseguiu o apoio que precisava na Câmara Municipal para retomar o debate da atualização da Planta Genérica de Valores (PGV), que reajusta a taxa de IPTU.

Após vários debates em plenário, Audiência Pública e protestos contra a aprovação do projeto, a matéria foi rejeitada na Câmara, em primeira votação, por 13 x 4 votos em sessão ordinária no dia 24 de outubro.

Mas os defensores da PGV não abandonaram a pauta e continuaram a articulação com os parlamentares em frequentes reuniões. Agora, 30 dias após a derrota em plenário, o prefeito convenceu mais 6 vereadores e reapresentou a proposta, com alterações.

O Portal Morada apurou que, no final da tarde de quinta-feira, dia 23, o projeto de lei foi protocolado na Câmara e, ontem mesmo, o texto foi distribuído aos parlamentares. E pode ser colocado em votação na sessão da próxima terça feira (28). Segundo informações obtidas junto à Câmara, o novo projeto passou por alterações e pode apresentar um impacto 60% menor para o cidadão, em relação ao anterior.

Para retornar ao debate, a nova proposta recebeu a assinatura dos quatro vereadores petistas Édio Lopes, Paulo Landim, Thainara Faria e Toninho do Mel, que já tinham votado a favor em outubro. Além de Juliana Damus (PP), Roger Mendes (PP), Zé Macaco (PPS), Edson Hel (PPS), Lucas Grecco (PSB) e Magal Verri (PMDB).