“Não entendo como não acordei”, diz mãe de bebê que teve parte da mão amputada

Jaqueline dormia na cama com o marido quando menina de três meses teria sido atacada por cão

Compartilhe

“Não entendo como não acordei”, diz mãe de bebê que teve parte da mão amputada
Imagem: Jaqueline dormia com o marido e as gêmeas na cama (Foto: Chico Lourenço)
 
A mulher de 29 anos, mãe de um bebê de 3 meses que perdeu uma das mãos dentro da casa dos pais, no bairro Laura Molina, em Araraquara, disse que estava muito cansada, mas ainda não consegue entender porque não acordou antes da filha ser atacada por um cão da família, um filhote de vira-lata de 3 meses.
 
Jaqueline Cristina Augusto dormia com o marido e as filhas gêmeas na cama, na noite de segunda-feira, dia 17. Ao lado da cama e próximo ao berço havia um colchão para proteger a criança de uma possível queda, como aconteceu. Mas o pior não estava previsto.
 
Umas das gêmeas foi atacada pelo cachorro. Os pais somente conseguiram acordar com os gritos de desespero da criança, que estava com todos os dedos e parte da mão esquerda decepados.
 
A menina foi socorrida pelo pai para UPA do Vale Verde e, depois, encaminhada para a Santa Casa, onde passou por cirurgia e segue internada.
 
Leia mais:
 
Confira a entrevista com a mãe da criança.