agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Notícias
FALE COM A REDAÇÃO:

Ticket para comissionados da Prefeitura revolta concursados

SISMAR também é contra o benefício. Diretor ressalta que administração sempre alega dificuldade financeira quando trata de concursados
Postado em: 24/01/2018 às 15:25
Autor: Chico Lourenço
Ticket para comissionados da Prefeitura revolta concursados

Um funcionário da Prefeitura de Araraquara, em contato com a nossa reportagem, garante que vários servidores concursados, assim como ele, estão descontentes com o ticket alimentação de R$ 400 que os trabalhadores comissionados passaram a receber neste mês de janeiro, concedido pelo prefeito Edinho Silva.

Os concursados tiveram apenas R$ 50 de aumento no ticket, este ano, divididos em duas parcelas. “O prefeito alegou que não tinha dinheiro para melhorar o nosso ticket, mas tem para os funcionários comissionados, que são muitos e ganham salário melhor”, reclama o servidor efetivo.

Ele questiona inclusive a legalidade desse auxílio. Há informações que, somente no Orçamento Participativo (OP), são dezesseis indicados. Apenas um funcionário é efetivo.

Em entrevista ao Jornal da Morada (AM/FM), na manhã desta quarta-feira, dia 24, Marcelo Roldan, diretor do SISMAR – Sindicato que representa o funcionalismo público foi contrário a concessão do ticket alimentação ao comissionado.

“Isso é contraditório. Todas as vezes que a gente com a administração para tratar de assunto de reajuste salarial, reposição de perda salarial, melhoria no ticket, plano de saúde, a Prefeitura sempre nos apresenta números dizendo que não tem condições, estamos no limite e nada pode fazer. E sem muito esforço, sem ter que fazer greve, pressionar a Câmara, alguns grupos da Prefeitura vêm sendo privilegiados sem muito desgaste”, enfatizou o sindicalista.

O Portal Morada procurou a Prefeitura, por meio da assessoria de imprensa, mas ainda não obteve resposta até a publicação dessa reportagem. Veja a entrevista abaixo.