agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
  
agora, no ar:
...
...
Cultura
FALE COM A REDAÇÃO:

Gabriel Locher se apresenta em Araraquara

No repertório estão canções de Frank Sinatra e Nat King Cole, do italiano Luciano Pavarotti e dos grandes cantores do rádio brasileiro
Postado em: 14/02/2018 às 08:00
Autor: Redação
Gabriel Locher se apresenta em Araraquara

O cantor Gabriel Locher se apresenta na próxima sexta-feira (16), no Sesc Araraquara, a partir das 20 horas. Em show gratuito, o cantor embala a noite com uma homenagem aos grandes cantores do século XX, nacionais e internacionais. O repertório se estende desde os crooners norte-americanos como Frank Sinatra, Nat King Cole e Tony Bennett passando pelo repertório napolitano consagrado por Luciano Pavarotti até os grandes cantores do Rádio Brasileiro como Orlando Silva, Francisco Alves, Dick Farney e outros.

Com formação na escola lírica e grande paixão pelas vozes da Era de Ouro do Rádio, Gabriel idealizou o show "Gabriel Locher - O Novo Crooner Brasileiro“ para homenagear os grandes cantores do Século XX, nacionais e internacionais. A apresentação conta com arranjos exclusivos desenvolvidos para a formação em sexteto. Sobem ao palco acompanhando o cantor, os músicos Ricardo Bovo (bateria), Rafael Ramos (baixo elétrico), Leandro Cunha (piano elétrico), José Matsumoto (trombone), Diego Wilxenski (trompete) e Marcelo Toledo (sax e flauta).

Sobre Gabriel Locher

Barítono, 31 anos, natural de São Paulo e radicado em Ribeirão Preto, Gabriel é formado em Música pela Escola de Comunicação e Artes da USP Ribeirão Preto. Iniciou seus estudos de canto e teatro aos 17 anos com a maestrina Gisele Ganade e com o ator/diretor André Cruz. Participou do elenco nas montagens da cantata “Carmina Burana" de Carl Orff e nas óperas "A Flauta Mágica" de Mozart, "Pagliacci" de Leoncavallo, “O Barbeiro de Sevilha” de Rossini e dos musicais "Hair" de Weller, "Ópera do Malandro" de Chico Buarque e os "Saltimbancos" de Luiz Enriquez. Atuou sob a batuta de maestros como Roberto Minczuck, Julio Medaglia, Norton Morozowicz, Cláudio Cruz entre outros.

É regente/arranjador do Coral Aquarela (Sindicato dos Servidores Municipais) e regente do Coral São Francisco (Grupo São Francisco Saúde). Em abril de 2011 foi finalista do Concurso Internacional de Canto Maria Callas. Foi o protagonista na estreia brasileira da ópera "O Basculho da Chaminé" de Marcos Portugal. Em 2013, foi solista no Requiem de Brahms sob a regência do Maestro alemão Phillip Amellung juntamente com o Coral da Universidade de Tübingen (Alemanha) e Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto. Participou de toda a turnê brasileira do espetáculo Rod Hanna on Broadway cantando o musical "O Fantasma da Ópera“. Há 4 anos pesquisa o repertório dos crooners brasileiros e estrangeiros para a idealização desde espetáculo.